Imagine uma bomba programada para explodir daqui dez anos. Ah, é uma bomba gigantesca, caso explodisse, atingiria 1/4 da população mundial. Certo, imaginou? Agora, o que você faria? Quer dizer, dez anos é muito tempo não? Será que devo me preocupar tanto assim? Alguém mais qualificado com certeza poderia desarmá-la até então. Resolvido isto,vamos tentar outra situação. Agora se imagine debaixo de uma garoa fina.  É gostoso não é? Aqueles pinguinhos na sua pele e o cheiro das árvores… E então no outro dia a garoa já virou chuva e você ainda acha bonito, quer dizer, é legal ver todas aquelas pessoas encapuzadas e em seus guarda-chuvas, quase como um balé! Semelhante ao clipe do Gary Jules, Mad World. Se imagine observando a cidade do alto, todas aquelas formas circulares de cores variadas se abrindo e fechando como em um imenso jardim, abrigando pessoas aparentemente preocupadas cada uma com seus próprios problemas. Mas e então, a chuva cessa abruptamente por três segundos, e começa a enchurrada de granizo, de diferentes tamanhos, enormes. Agora todos correm por abrigo em suas casas ou estabelecimentos mais próximos. Mas olha só! O pneu daquele carro furou e ele foi de encontro àquele outro que escorregou perto daquele árvore momentos antes dela cair. Que estranho, o outro motorista parece não saber oque fazer, até que ele poderia tentar ajudá-lo. Ah, mas deve ser perigoso demais, quer dizer, quem pode culpá-lo, o chão está molhado afinal e tem um poste caído a menos de cinco metros dali. Hehe, essas pessoas são engraçadas de se observar. Estranho como o nosso comportamento muda tão completamente em questão de minutos dependendo da situação, quem poderia prever? É melhor voltarmos no tempo para a garoa fina antes que possamos nos importar. :)


É difícil exemplificar oque tem acontecido com o mundo. O primeiro é bom, e também o mais usado para nos dar ideia da dimensão do que nos agurda, como uma imensa bomba. Mas é o segundo que me parece mais apropriado para demonstrar como, em alguns casos, os efeitos, mesmo de que forma menos acentuada, já se fazem mostrar e a nossa reação é parecida com àquela do sapo na água que vai se aquecendo gradativamente.

Deveríamos estudar o nosso mundo como esquemas matemáticos. A teoria é simples, mas muitas vezes só entendemos assim.

É algo como: Descaso Populacional e Governamental+ Consumo Desmedido= Aquecimento Global+ΔT= Caos.
Caos, por sua vez envolve destruição e morte* em massa, mas não iremos nos ater a esses detalhes agora, por enquanto, basta saber que a nossa noção de tempo (ΔT) varia muito e que, na vida real não podemos calcular tudo como num ramo das exatas.

Dez anos para você podem parecer longínquos até que o Pólo Norte vire um mar navegável e cause inundações em 1/4 do globo, mas se lembra um pouquinho de logarítmo? É… aquele assunto chatééérrimo… , então, sabe aquele papo sem futuro de, como era mesmo… “caso a taxa de crescimento se mantesse constante, em quanto tempo…” enfim, só mais uma perguntinha: Para você, no ritmo que a nossa sociedade caminha, para o fim da recessão, e mais desculpas do que nunca para consumirem mais do que nunca “ah, só mais um pouquinho vai”, esse ritmo vai:
[  ] Se manter o mesmo
[  ] Diminuir                      →        Dica- seu expoente será negativo.
[  ] Acelerar

Ah, o tempo é tão relativo (ainda bem que nesse caso estamos falando de 10x365x de 24 horas :]  ). Seria legal se pudéssemos fazer essas continhas sempre e para tudo não é? As ovelhas da Jordânia que o digam heureheure http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1333174-5603,00.html Que pena.
Tic-tac, Tic-tac e a chuva cai. :)

A paulista.

Anúncios

~ por Paulista em 15/10/2009.

2 Respostas to “…”

  1. Meu amigo imaginário é um coelho bizarro.

    Obrigada pela visita, coloquei o link daqui no meu blog também!
    Essa música tem uma letra maravilhosa..

  2. véy, que tenso! mais tenso ainda esse “Tic-tac, Tic-tac e a chuva cai.” seu, AUAAUAHAU foi uma espécie de ameaça! :O
    o pior de tudo é saber que a escolha tá com a gente o tempo todo, e se daqui há 10 anos ou até mesmo amanhã tudo tiver fim, não poderemos culpar ninguém,
    afinal a gente só quer viver mais um pouquinho não é? qe se dane o resto todo, até mesmo nossos filhos (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: